O som da Bakamarte

Bakamarte
Foto: Divulgação

No último domingo (27/09), fui surpreendido em um ensaio aberto por uma banda de grande qualidade musical, a Bakamarte. Foi no Extensão Vitrola, um bar/casa de show, em Campina Grande, na Paraíba. O espaço inovou com uma proposta diferenciada, aos domingos, normalmente, a casa de show recebe bandas que queiram divulgar seu trabalho ou simplesmente ensaiar. Os clientes não precisam pagar nada, e as bandas normalmente deixam um chapéu ao pé do palco, para que o público possa contribuir, caso queira, caso possa.

A Bakamarte é uma banda nascida em Campina Grande, formada por Lucas Barreto nos vocais e guitarra, Breno Felipe na guitarra e backing vocal, Vinícius Vasconcelos no baixo e Stefanno Cavalcanti na bateria. A banda resume seu estilo em Regional, Rock, Blues, Reggae, Baião e Brega, isso porque as músicas podem até ser conhecidas, como o recente clipe de Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme, do grande Reginaldo Rossi, que foi publicado no canal da Bakamarte no YouTube, mas tem um toque a mais, como o arranjo usado para a música, de Dire Straits em Sultans of Swing.

Pois, então, é disso que se trata. A banda captura os grandes sucessos da música nordestina e as transforma em Rock, Blues, Reggae, mas não esquece da natureza delas, preserva a pegada do baião, do brega, do forró. Essa preservação vem no cantar, no contar do tempo, vem na essência da banda. O próprio nome preserva a identidade cultural da região Nordeste. Bacamarte era uma arma que, embora não tenha origem nordestina, era amplamente usada pelo cangaço.

O que é preciso para que uma versão fique boa? É uma pergunta que parece que não ser possível responder, é algo que é puro feeling, é não perder a essência das músicas, e parece que os integrantes da banda sabem de onde elas vieram, e não a perdem, embora as rearranjem. É este rearranjo que faz com que a música não se perca no tempo, ela, a música, fica mais conhecida do que já era, ganha um novo público.

Essas são só algumas impressões de uma banda que tem um projeto audacioso e parece estar preparado para tal. Bakamarte conclui, até o fim deste ano, seu primeiro EP. Esperemos por esse trabalho. Enquanto isso, ouçamos com atenção a proposta da banda campinense:

Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme

Meu Cariri – Bakamarte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s