Musas das Canções

sna

Eis que o Som na Agulha apresenta o seu projeto Musas das Canções. A proposta surgiu a partir de Jéssica Amaral, a idealizadora do nosso projeto e também do blog, a mesma imaginou que seria possível unirmos MODA e MÚSICA de uma forma não usual. A partir desse pressuposto que surgiu o blog, e recentemente, a ideia no nosso novo projeto.

Intitulado “Musas das Canções”, esse projeto vai trazer ensaios fotográficos com oito mulheres, oito musas que inspiraram parte dos compositores “na arte das palavras e dos sons”. Afinal, não é de hoje que as mulheres são fonte de inspiração, na música popular brasileira podemos listar várias.

Loiras, magras, baixas, morenas, altas… Mulheres que mesmo tão diferentes possuem algo em comum, a beleza de ser mulher! Montamos o perfil de cada musa a partir da descrição de grandes compositores, tais como Caetano Veloso, Jorge Ben Jor, Dorival Caymmi, Chico Buarque… E alguns outros.

Confira muito som, moda e beleza por aqui.

La Belle De Jour – Alceu Valença

Eis a nossa La Belle de Jour, a moça mais linda de toda cidade. Alceu descreveu sua musa e nós montamos a mesma de acordo com a nossa interpretação, nossos olhares e observações. Assim a moça bonita da praia de Boa Viagem ganhou forma em nosso ensaio.

_MG_3540
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Synthia Bivar

O pernambucano Alceu Valença, que, tendo vivido na França, já sabia o que a expressão “La Belle de Jour” significava, poetizou a prostituta da tarde e tornou-a uma das figuras femininas mais emblemáticas da música brasileira.

_MG_3596
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Synthia Bivar

Em sua composição, Alceu consegue descrever as duas faces de sua musa, todo seu lado sedutor e seu ar delicado. As cores e a leveza dão o movimento que caracteriza essa mulher sedutora que no azul viajava.

_MG_3804
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Synthia Bivar

Essa é a nossa primeira musa, espero que tenham gostado e aguardem a próxima, semana que vem! E para quem ficou com vontade de escutar Alceu Valença descrevendo sua musa:

Ficha técnica:
Direção e concepção: Jéssica Amaral
Fotografia: Anderson Timóteo
Modelo: Synthia Bivar
Produção de Moda: John Paulino
Figurino: Loja Q-Tem
Acessórios: Morana
Make up: John Paulino
Produção: Jéssica Lucena, Mariana Castro e Pedro Augusto

Nina – Chico Buarque

Mais uma musa ganha forma, dessa vez a musa de Chico Buarque de Holanda. Pedindo licença ao poeta, apresentamos a nossa Nina, mulher  que desperta curiosidade, interesse, que nos faz imaginar a cara que ela faz quando escreve para Chico, quando faz seu mapa.

_MG_1955
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Yasmim Macêdo

Nina é dessas mulheres que vale a pena conhecer, para deixar-se levar nas noites de Moscou, que só pela lembrança merece uma vodca que nos permita revisitá-la.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Yasmim Macêdo
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Yasmim Macêdo

Toda musa e toda Nina será inacabada, e esse é o bonito da poesia da canção, mas capturamos um instante de uma Nina que vimos. E antes que surja alguma dúvida, é fácil, a canção é brasileira, a mulher, russa.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Yasmim Macêdo
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Yasmim Macêdo

Ouça Chico Buarque cantando Nina:

Ficha técnica:
Direção e concepção: Jéssica Amaral
Fotografia: Anderson Timóteo
Modelo: Yasmim Macêdo
Produção de Moda: John Paulino
Figurino: Charm’s Store
Acessórios: Morana
Make up e Iluminação: John Paulino, Gilmara da Mata
Produção: Jéssica Lucena e Pedro Augusto

Doralinda – Cazuza

A musa do poeta exagerado. Cazuza fala de Doralinda com uma doçura melódica que nos faz pensar nela como uma mulher linda e encantadora, que possui uma beleza ímpar, que vai muito além da estética.

web
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Ana Beatriz Caldas

Liberdade, talvez essa seja a palavra que define bem a impressão que temos de Doralinda, sua alegria está em seus gestos, olhares, sorriso. Está sempre pronta para viver! Passear pelas ruas ou fazer uma viagem ao redor do mundo, num navio branco para ele é igualmente possível e interessante.

_MG_4631 web
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Ana Beatriz Caldas

Essa é a nossa musa que mais transparece seu compositor, esse seu ar alegre e despreocupada nos faz lembrar Cazuza e sua maneira livre de viver. Seu sorriso de menina e olhar de mulher nos faz compreender todo o exagero do poeta, que se mostra capaz de buscar a lua, até mesmo pintada de verde. Sua beleza e encanto faz despertar no compositor um amor que ele talvez nem tenha pra dar.

_MG_4785 web
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Ana Beatriz Caldas

Ouça Cazuza cantando Doralinda:

Direção e concepção: Jéssica Amaral
Fotografia: Anderson Timóteo
Modelo: Ana Beatriz Caldas
Produção de Moda: John Paulino
Figurino: Loja Q-Tem
Acessórios: Morana
Make up: John Paulino
Produção: Jéssica Lucena, Mariana Castro e Pedro Augusto

Marina – Dorival Caymmi

A mais delicada dentre as nossas musas, assim enxergamos Marina, a partir da descrição feita por Dorival Caymmi. Ela já é bonita com o que Deus lhe deu, e utilizar outras maneiras para buscar ficar ainda mais linda, é até um afronte ao seu compositor. Marina tem uma beleza que ilumina por sua maneira simples, porém especial, que se destaca em qualquer ambiente.

_MG_4479
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Tamires Câmara Brito

Marina parece está se descobrindo, descobrindo sua beleza, percebendo que pode ser mais que a menina delicada que Dorival enxerga. Por isso busca destacar seus traços mais belos se pintando, se reinventando, amadurecendo seu lado mais mulher.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Tamires Câmara
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Tamires Câmara Brito

Dorival coloca toda doçura e leveza de Marina em sua composição, sua maneira de se referir a sua musa tem um tom ingênuo, que nos faz visualizar a mesma, dessa forma delicada, com um tom de inocência. Mais uma musa nos mostra que a beleza está muito além da estética, e que a verdadeira beleza muitas vezes está presente na naturalidade.

baixa
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Tamires Câmara Brito

Toda a doçura de Dorival Caymmi cantando Marina:

Direção e concepção: Jéssica Amaral
Fotografia: Anderson Timóteo
Modelo: Tamires Câmara
Produção de Moda: John Paulino
Figurino: Loja Q-Tem
Make up: John Paulino
Produção: Gilmara da Mata, Jéssica Lucena e Pedro Augusto

Kátia Flávia – Fausto Fawcett

Revela-se mais uma musa escolhida pelo Som na Agulha para figurar nosso projeto. Fausto Fawcett, o compositor da música, inspirou-se na malemolência da mulher carioca, nos morros, em Lady Godiva e nas mulheres dos figurões contravenção.

_MG_2361
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Renatha Alcantara

Kátia Flávia é a gostosona que desceu do morro para Copacabana, e pelo rádio da polícia ela manda seu recado, “GET OUT!”. E para transparecer todo poder dessa louraça provocante, utilizamos brilhos, cores e muita sensualidade.

_MG_2468 - baixa

Nossa musa é totalmente urbana e noturna, é de parar o trânsito e atrair todos os olhares. Kátia Flávia é mais que a nossa musa, é a nossa Godiva.

_MG_2521 - baixa
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Renatha Alcantara

Ouça Kátia Flávia na voz de Fernanda Abreu:

Ficha técnica:
Direção e concepção: Jéssica Amaral
Fotografia: Anderson Timóteo
Modelo: Renatha Alcantara
Produção de Moda: John Paulino e Synthia Bivar
Figurino: Charm’s Store
Acessórios: Morana
Make up: John Paulino
Produção: Gilmara da Mata, Agamenon Porfírio, Mariana Castro, Pedro Augusto, Lizandra Alcantara, Maria Verônica.

Tereza – Jorge Ben Jor

 A musa inspiradora de Jorge Ben Jor, assim como o próprio compositor, tem a cor e o gingado brasileiro. Tereza é cor, é samba, é swing, é pura brasilidade! E para quem se perguntou “cadê Tereza?” Respondemos que está aqui no Som na Agulha.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Jéssica Amaral
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Jéssica Amaral

A nossa musa tem um pé no morro e os dois no samba, sua beleza natural é completa quando mostra seu balanço típico da mulher brasileira, e para isso utilizamos em seu figurino roupas que dessem liberdade e ao mesmo tempo deixassem transparecer sua sensualidade.

Foto: Anderson Timóteo  Modelo: Jéssica Amaral
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Jéssica Amaral

Afinal, Tereza é uma mulher decidida, que não se curva aos desejos de um malandro, mas faz muitos malandros se curvarem para vê-la sambar.  Capaz de deixar “um malandro enciumado, machucado” a sua espera, jurando que vai se regenerar.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Jéssica Amaral
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Jéssica Amaral

Para quer cair no samba, assim como nossa musa, ouça Tereza de Jorge Ben Jor:

Ficha técnica:
Direção e concepção: Jéssica Amaral
Fotografia: Anderson Timóteo
Modelo: Jéssica Amaral
Produção de Moda: John Paulino / Synthia Bivar
Figurino: Charm’s Store
Acessórios: Morana
Make up: John Paulino
Produção: Jéssica Lucena, Mariana Castro e Pedro Augusto

Erva Venenosa – Jerry Leiber / Mike Stoller

A nossa musa “parece uma rosa, de longe é formosa”, mas todo cuidado é pouco, estamos falando de Erva Venenosa. A ruiva que encanta por onde passa e engana muita gente, quem vê sua beleza jamais imagina toda sua crueldade.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Mariana Castro
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Mariana Castro

Dona de uma beleza capaz de chamar atenção em meio a multidão, seu encanto está em seu olhar, que esconde seu lado vil e mentirosa. Podemos dizer que ela tem dois lados, e ela vai usar seu lado belo para atrair a destruição.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Mariana Castro
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Mariana Castro

Boa ou não, ela é musa, é linda e encantadora. Poucos resistiriam a essa bela mulher, até mesmo se soubesse de tudo que ela é capaz.

Mari
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Mariana Castro

Ouça Erva Venenosa na voz de Rita Lee:

Ficha técnica:
Direção e concepção: Jéssica Amaral
Fotografia: Anderson Timóteo
Modelo: Mariana Castro
Produção de Moda: John Paulino / Synthia Bivar
Figurino: Charm’s Store
Acessórios: Morana
Make up: John Paulino
Produção: Jéssica Amaral / Synthia Bivar

Tigresa – Caetano Veloso

 
Mais que uma mulher, uma musa, uma beleza que por onde passa simplesmente acontece. Assim ela aconteceu para Caetano Veloso, que fez a mesma tornar canção, para que pudesse habitar nosso imaginário.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Ana Laura Cavalcanti
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Ana Laura Cavalcanti

Espalhando muito prazer e muita dor, ela mostrou que muitas vezes a tigresa pode muito mais que o leão. Com suas garras de felina e besteiras de menina, ela saiu da composição e veio parar no Som na Agulha, nós buscamos mostrar toda sua atitude, todo seu ar enigmático, poderíamos dizer: poderoso.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Ana Laura Cavalcanti
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Ana Laura Cavalcanti

Tudo o que ela viveu, nem a própria tem certeza. “Ela me conta que era atriz e trabalhou no Hair. Com alguns homens foi feliz, com outros foi mulher”. Mas o seu passado não interessa, pois ela diz que tudo vai mudar e ela vai ser o que quis.

_MG_4171
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Ana Laura Cavalcanti

Tigresa é a nossa musa que fez Caetano Veloso correr pra um violão num lamento. Eis mais uma grande mulher, grande musa.

Foto: Anderson Timóteo Modelo: Ana Laura Cavalcanti
Foto: Anderson Timóteo
Modelo: Ana Laura Cavalcanti

Ouça Tigresa de Caetano Veloso:

Ficha técnica:
Direção e concepção: Jéssica Amaral
Fotografia: Anderson Timóteo
Modelo: Ana Laura Cavalcanti
Produção de Moda: John Paulino
Figurino: Loja Q-Tem
Acessórios: Morana
Make up: John Paulino
Produção: Jéssica Amaral / Gilmara da Mata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s